"Quem montar uma carteira de ações agora vai morrer de rir em 10 anos", diz especialista




Segundo o consultor da Magno, Sérgio Volk, não precisa de nenhuma técnica de valuation para perceber que o Ibovespa, hoje, está de graça

Por Arthur Ordones |

SÃO PAULO – O consultor da Magno, Sérgio Volk, afirmou que a bolsa de valores brasileira está muito barata, em entrevista exclusiva ao InfoMoney. “Quem montar uma carteira agora, com o Ibovespa nos 48 mil pontos, para os próximos 10 ou 15 anos, vai morrer de rir lá na frente”, disse.

Segundo o especialista, pelo próprio mercado, valor da ação, resultado e patrimônio, você consegue perceber que a ação está barata. “Não precisa de nenhuma técnica de valuation para perceber que o Ibovespa, hoje, está de graça”, afirmou. “E não tem erro na hora de escolher os papéis: alimentos, bancos e exportadoras. Só assim você fica imune”, completou.

Para ele, nossa bolsa está cheia de papéis baratos, como a Ambev (ABEV3) e o setor de bancos, principalmente. “Mas já com a Petrobras (PETR4), Vale (VALE5) e o setor elétrico eu ficaria mais esperto... Eu ficaria longe por enquanto, porque estão sujeitos a muitos outros fatores, como intervenções governamentais”, alertou Volk.

Falta educação financeira

O consultor explicou que se o brasileiro não for para o mercado de capitais, ele não vai conseguir acumular dinheiro para o futuro, para se aposentar, como os americanos fazem. “Não tem como se aposentar aplicando em CDB ou em fundos, tem que fazer uma carteira boa na bolsa. O americano não olha só a poupança, ele olha o efeito riqueza, ou seja, o potencial que você tem em uma carteira de ações, que pode te dar uma fortuna no médio prazo”, disse.

Para ele, o principal problema do Brasil, neste quesito, é a educação financeira. “Se você entra em um banco hoje, o gerente vai te aconselhar a investir na poupança ou no CDB, ou seja, nem ele está treinado para te oferecer o mercado de capitais”, finalizou Volk.

Postar um comentário

0 Depoimentos: