Zombie CPMF pode Voltar.



No plano do ajuste, Governo considera a volta da CPMF

 

Como parte do ajuste fiscal, o Palácio do Planalto e a nova equipe econômica estudam tentar a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), o mau e velho “imposto do cheque.”

“A CPMF é a única medida que pode resolver o problema numa só tacada, porque aquele 0,38% dá 80 bilhões de reais,” disse uma fonte com acesso às discussões.
Colocando em perspectiva: os economistas estimam que o déficit primário recorrente do setor público esteja hoje em 0,5% do PIB. Além disso, o governo já tem novas despesas contratadas para 2015 da ordem de mais 0,5% do PIB. Ou seja, para produzir o superávit de 1,2% do PIB que a nova equipe econômica se propôs para o ano que vem, a “virada fiscal” é de cerca de 2,2% do PIB, mais de 100 bilhões de reais.
A possibilidade de taxar os dividendos foi aventada, mas “o imposto sobre dividendos e/ou juros sobre capital próprio fragiliza ainda mais os setores que já estão mais ressabiados com o governo, os empresarios. Fazer isso fragilizaria ainda mais o ambiente de negócios, e o que o Governo precisa é atrair investimento, encorajar o setor privado a investir,” disse a fonte.
Neste contexto, a CPMF é vista como dos males o menor. “A CPMF divide a conta de maneira pulverizada — injustíssima, mas pulverizada.”
Já as chances de sucesso do Governo em trazer de volta a contribuição são outra história: a fragilidade da base aliada e a guerra que existe hoje no Congresso fazem desta uma missão quase impossível.
O Governo perdeu a arrecadação da CPMF em dezembro de 2007 — numa derrota histórica para o governo Lula — graças a uma bem-sucedida campanha arquitetada pela FIESP e executada pela oposição.
De lá pra cá, setores do Governo sempre sonharam com a volta do imposto, tido como “insonegável.”
De qualquer forma, a cama parece estar pronta para a tentativa de se trazer de volta os 0,38%. Durante a campanha eleitoral, a Presidente Dilma criticou Marina Silva por ter votado contra a CPMF. E, na segunda-feira, matéria de Cátia Seabra e Marina Dias na Folha de São Paulo mostrou que pelo menos três governadores petistas se articulam para pedir a volta da contribuição.  Um governador tucano, Beto Richa, do Paraná, também se manifestou a favor.
“A história mostra que no Brasil é mais fácil conseguir consenso para aumentar imposto do que para cortar gasto,” diz o economista Mansueto Almeida, lembrando que cada presidente depois da Constituição de 1988 terminou o mandato com uma despesa pública maior do que a deixada por seu antecessor – sem exceção.
Por Geraldo Samor



O conteúdo desta mensagem é confidencial e destinado exclusivamente ao seu destinatário. Toda e qualquer revisão, revelação, distribuição, retransmissão, disseminação, cópia e/ou qualquer outro uso desta informação por pessoas físicas e/ou pessoas jurídicas, à exceção do destinatário, sem a expressa permissão do remetente, é estritamente proibido e sujeito às penalidades legais cabíveis. Caso tenha recebido esta comunicação por engano, pede-se eliminá-la e/ou apagá-la em definitivo, bem como notificar de imediato o remetente.

The content of this message is confidential and addressed solely to its recipient. Any and all review, disclosure, distribution, retransmission, dissemination, copy or any other use of the information herein by any people and/or legal entities other than the addressee, without an express approval thereto, is thus strictly forbidden and subject to the applicable legal penalties. In case this message is received by mistake, the definitive erasure thereof is hereby requested, and so is the immediate notification to the sender of the wrongful receipt thereof.
This message has been scanned for malware by Websense. www.websense.com
__._,_.___

Enviado por: Walter Avanso <Wavanso@spinelli.com.br>
Responder através da webatravés de emailAdicionar um novo tópicoMensagens neste tópico (1)
BovespaBrasil - O PONTO DE ENCONTRO DE QUEM FAZ O MERCADO.


Para utilizar o grupo no Yahoo:
Enviar mensagem: BovespaBrasil@yahoogrupos.com.br
Assinar:  BovespaBrasil-subscribe@yahoogrupos.com.br
Cancelar assinatura:  BovespaBrasil-unsubscribe@yahoogrupos.com.br
Proprietário da lista:  BovespaBrasil-owner@yahoogrupos.com.br 

.


__,_._,___

Postar um comentário

0 Depoimentos: