Ação da Petrobras tem preço de papel higiênico





Josias de Souza
 
A cotação das ações da Petrobras caiu mais de 4% nesta segunda-feira. Os papeis foram negociados em valores que variaram de R$ 4,93 (ações preferenciais) e R$ 6,43 (ordinárias, com direito a voto em assembleia).
Ação da Petrobras abaixo dos R$ 5 é coisa que não se via desde 2003.

No momento, o papelório da estatal custa o equivalente a um pacote de papel higiênico.

No site da maior rede de supermercados do país, um embrulho com quatro unidades do papel Personal Vip está cotado a R$ 5,99. Quatro rolos da marca Neve saem por R$ 6,95. Ambos oferecem folha dupla.

0 Depoimentos:

BC: SAQUE LÍQUIDO DA POUPANÇA EM 2015 É O MAIOR EM 20 ANOS



Brasília, 07/01/2016 - Pela primeira vez nos últimos 20 anos, o Brasil registrou uma perda de patrimônio da caderneta de poupança. Mesmo contando com os rendimentos de R$ 47,430 bilhões vistos em 2015, o saldo dessa aplicação ficou em R$ 656,590 bilhões, um valor 0,93% menor do que o total de R$ 662,727 bilhões registrados no acumulado de 2014.

A diminuição foi pequena, mas é inédita. E se deu porque os saques superaram as aplicações em praticamente todos os meses do ano em 2015, com exceção de dezembro. O último mês do ano conta tradicionalmente com um "empurrãozinho" do pagamento do 13º salário, facilitando o aumento de depósitos. Durante 2015, especialistas atribuíram a sangria da poupança à redução da renda dos trabalhadores e à competição com outros tipos de investimento, que foram mais impulsionados pela alta dos juros (Selic está em 14,25% ao ano) e do câmbio (48,5% no ano passado).

Desde 1995, quando o Banco Central começou a divulgar a série conhecida até hoje, o volume de investimentos na poupança só aumentou ano a ano. Em 1995, finalizou em R$ 63,635 bilhões e subiu para R$ 72,024 bilhões no ano seguinte. Em 1998, bateu a marca de R$ 100 bilhões pela primeira vez, ao encerrar em R$ 107,421 bilhões. Em 2007 foi quando atingiu R$ 200 bilhões (R$ 235,261 bilhões). Em 2009, chegou a R$ 319,083 bilhões e, em 2011, a R$ 420,008 bilhões. Em 2013, quase alcançou R$ 600 bilhões (R$ 597,943 bilhões). (Célia Froufe - celia.froufe@estadao.com)

0 Depoimentos:

Lego: investimento melhor que ações e ouro






Conjuntos de Lego têm aumentando seu valor em 12% a cada ano, desde a virada do milênio

Conjuntos de Lego mais caros são geralmente os conjuntos antigos baseados em filmes como Star Wars, ou monumentos históricos (stavos /flickr)



Conjuntos de Lego mais caros são geralmente os conjuntos antigos baseados em filmes como Star Wars, ou monumentos históricos (stavos /flickr)



SÃO PAULO - Ele pode parecer nada mais que um brinquedo de criança, mas investidores avaliaram um retorno melhor comprando conjuntos de Lego nos últimos 15 anos do que investir em bolsas de valores, ouro ou contas bancárias, segundo uma análise do jornal britânico The Telegraph.

O índice FTSE 100 não é maior hoje do que era em fevereiro de 2000, ou seja, o retorno anual aos investidores ao longo da última década fica em torno de 4,1%, uma vez que os pagamentos de dividendos estão incluídos. 

Por outro lado, conjuntos de Lego têm aumentando seu valor em 12% a cada ano, desde a virada do milênio, com os preços de segunda mão para conjuntos específicos logo que são lançados. Os conjuntos mais novos estão ainda mais valorizados, sendo vendidos por 36% acima do seu valor original. 

A análise do jornal constatou que nenhum dos principais investimentos dos poupadores tem um retorno parecido com os dos tijolinhos de plástico.

Os poupadores que investiram em ouro receberam um ganho anual de 9,6% ao longo da última década e meia, enquanto aqueles que investiram em poupança tiveram 2,8% em ganhos, de acordo com a companhia de investimento Hargreaves Lansdown.

Alguns conjuntos de Lego, vendidos por menos de 100 libras, chegam a custar mil libras no mercado secundário.

Os conjuntos de Lego mais caros são geralmente os conjuntos antigos baseados em filmes como Star Wars, ou monumentos históricos ou marcas como o carro da Volkswagen, Beetle (Fusca, no Brasil). No entanto, uma pesquisa do site BrickPicker.com mostrou que Legos baseados no cotidiano, como postos policiais e estradas de cidades são bastante valorizados também.

O modelo com maior aumento percentual do Lego tem sido o “Cafe Corner”, um hotel que foi posto à venda em 2007. O conjunto que tem 2056 peças, era originalmente vendido por 89,99 libras mas o preço deu um salto para 2.096 libras desde que o modelo parou de ser produzido – um retorno de 2,230%.

Segundo o fundador do site BrickPicker.com, Ed Maciorowski, o preço alto é válido para os modelos mantidos em suas caixas, em perfeitas condições. E mesmo usado, pode valer centenas de libras a mais que o seu preço original.

 “Qualquer pessoa com um conjunto de lego – grande ou pequeno, não importa – poderia ter um grande investimento em suas mãos, se estiver em boas condições, já que o produto vale muito”, disse Maciorowski.

Ele explica ainda que milhares de investidores no mundo todo foram empurrando os preços de conjuntos de Lego raros para cima e que as taxas de crescimento do produto irão continuar. “O investimento em Lego nunca vai ser uma bolha até porque a empresa não promove o mercado secundário. Quer vender diretamente para os clientes”, disse.

Segundo o jornal, o tipo mais popular de Lego é do Star Wars, sendo responsável por 10 dos 20 conjuntos mais caros. 

"Não há nenhum mal em comprar algumas peças como um hobby, e você pode muito bem fazer algum dinheiro", explica Laith Khalaf , analista do Hargreaves Lansdown. No entanto, ele faz uma ressalva "Os retornos do Lego são impressionantes, mas os investidores precisam de cuidado já que o valor das peças é vulnerável a modismos".

0 Depoimentos:

Um galão de leite vale dois de petróleo




Cotação do óleo despenca e pressiona ainda mais a Petrobras
Barris de petróleo

Barris de petróleo: tombo nas bolsas



A cotação do petróleo caiu tanto que, atualmente, um galão leite vale praticamente dois do óleo tipo West Texas Intermediate (WTI), referência no mercado americano. É a menor razão entre as commodities desde 2004. Nesta quarta-feira, o barril do petróleo WTI fechou cotado a 26,19 dólares (62 centavos de dólar o galão), segundo o site da Bloomberg, mais baixo patamar em quase treze anos. Já o leite classe 3, referência do setor, está sendo negociado no mercado futuro de Chicago a 1,18 dólar o galão.

Os preços do petróleo derretem abaixo dos 30 dólares o barril devido ao excesso de oferta, que deve aumentar ainda mais com revogação das sanções contra o Irã, no último final de semana. O movimento é liderado pela Arábia Saudita e seus aliados do Golfo na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), na tentativa de desbancar competidores que têm custos maiores de produção.

A queda do petróleo, em meio ao mau humor nos mercados globais, agrava ainda mais a situação da Petrobras, cujas ações preferenciais (sem direito a voto) recuaram nesta quarta-feira mais 4,94%, para 4,43 reais. O tombo puxou mais um pregão de baixa da Bovespa, cujo principal indicador caiu 1,19%, para 37.605 pontos.

0 Depoimentos: